Crescimento do mercado de energia solar estimula franquias

A expansão da energia solar no Brasil aumentou a demanda por painéis solares, por um lado, enquanto, por outro, o crescimento está aumentando em profissionais interessados ??em entrar nesse setor lucrativo.
Essa combinação de fatores deu um impulso decisivo ao mercado de franquias. A rede de distribuição de painéis solares franqueada Bluesun Solar do Brasil, com sede em Limeira, no estado de São Paulo, foi lançada em 31 de agosto e já possui 40 unidades em operação.
A empresa planeja atingir o limite de 300 unidades até o final de 2020. “Embora tenha começado apenas alguns meses atrás, por trás desse projeto havia quase dois anos de estudo”, disse à ANSA o diretor da Bluesun, Roberto Caurim.
A empresa, iniciada em 1990, já instalou mais de mil sistemas de energia solar em todo o país. A rede de franquias permitiu ao distribuidor criar rapidamente uma presença permanente em todas as regiões do Brasil.
A maioria das novas unidades, disse Caurim, fica no sudoeste do país.
“E Minas Gerais é o nosso campeão”, afirmou.Esse projeto de franquia será uma força que a empresa apresentará na próxima edição da feira Ecoenergy, que será realizada de 14 a 16 de abril de 2020, em São Paulo, organizada pela CipaFiera milano.
Os principais novos desenvolvimentos no mercado de fontes de energia renováveis ??estarão em exibição na feira.
O modelo de negócios desenvolvido pela Bluesun não inclui o pagamento de royalties iniciais e fornece suporte técnico completo para a abertura de uma franquia.
O processo pode levar até menos de uma semana, porque muitos preferem o modelo de home office. “Abrir uma loja física leva muito mais tempo, cerca de um mês e meio para estar pronto”, disse Caurim.
Para o empreendedor brasileiro, o objetivo é multiplicar o número de pessoas que trabalham com a Bluesun sem ter que pagar preços muito altos para aqueles que ingressam na rede de franquias. “O próximo ano será o melhor de sempre”, disse Caurim, que falou em dobrar a receita da empresa.

Custo para incentivar energia eólica e solar começa a pressionar tarifa das contas de luz
Carvão permanece como combustível favorito do mundo para geração de eletricidade
Aneel realiza leilão de transmissão, envolvendo 12 lotes e R$ 4,2 bi em investimentos

 

Fonte:

OPETRÓLEO